Em entrevista ping-pong à revista Veja,  ex-presidente Fernando Henrique foi questionado sobre qual é o limite de tolerância do PSDB com o governo Temer. “Acho que já passou do limite”, cravou ele.

Para FHC, o presidente Temer terá de explicar, assim que for materializada a denúncia da PGR contra ele, sobre as “duas malas de dinheiro. Para onde foram? Que caminho tomaram?”. Outro ponto é demonstrar se houve alteração na fita gravada por Joesley Batista de sua conversa com o presidente.

Preocupado com fatos novos contra o presidente – “toda semana vem uma flechada” -, FHC desferiu:

“Se a situação ficar muito difícil, caberá a quem tem responsabilidade abrir espaço – ou seja, renunciar. Renunciar para poder abrir espaço para uma solução constitucional”.