Anti-Lula, o prefeito de São Paulo, João Doria, descobriu ontem que não terá vida fácil se conseguir se tornar o candidato do PSDB à Presidência da República, em 2018. Em Salvador, ontem à noite, durante evento com a participação do prefeito da cidade, ACM Neto, o tucano paulista foi alvo de protestos. Um dos vários lançados por manifestantes contra o grupo de políticos atingiu em cheio a cabeça de Doria. Hoje, a previsão é a de que ele se pronuncie em condenação ao episódio.