Ok, o presidente Michel Temer quer porque quer ficar. Ele resistiu ao primeiro direto no queixo, esquivando-se sobre a frase ‘tem de manter isso, viu?’ não ser sobre a compra do silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha, mas sim sobre a amizade entre o ex-parlamentar preso e Joesley Batista. Faz de conta que alguém acreditou – e nessa crença, assim ficam as condições de governabilidade de Temer se, como ele quer, ficar no cargo. Mas que está montado na vaca que foi para o brejo, ah!, isso está, como Gilmar nos mostra: